O que são implantes dentais?

3 minutos para ler

São constituídos por suportes ou estruturas de metal que são posicionadas cirurgicamente no osso maxilar. Esse posicionamento é feito abaixo da gengiva, de modo a substituir as raízes dentárias. Quando implantados, pode-se colocar dentes substitutos sobre eles. Costumam ser utilizados na substituição de dentes devido a cáries ou lesões.

 

Os implantes oferecem um bom suporte aos dentes artificiais. Isso ocorre por serem integrados ao osso, o que dá estabilidade para a prótese. Por isso, próteses montadas sobre implantes não escorregam e nem mudam de posição na boca. Isso confere ao paciente mais segurança na hora de se alimentar e falar. Esse tipo de prótese é chamada de prótese sobre implante e, além de proporcionar mais segurança ao paciente, é mais natural que pontes ou dentaduras.

 

Implantes são indicados para pessoas com dificuldade de adaptação a próteses e dentaduras. Essas dificuldades podem incluir dores ou falta de adaptação a estes aparelhos.

 

Diferente desses tipos de aparelhos, que precisam de uma base para serem colocados – onde é feito o desgaste do dente restante na maior parte das vezes -, os implantes são colocados sobre os ossos. Para colocá-los, é preciso ter gengivas saudáveis e um estrutura óssea favorável à sustentação dos aparelhos. Além disso, é essencial manter a saúde bucal em dia, fazendo a higienização da cavidade bucal regularmente. Isso garante a durabilidade do implante a longo prazo.

 

O tipo de implante mais recomendado atualmente é o ósseo integrado, que trouxe uma revolução no tratamento dos pacientes de acordo com suas necessidades.

 

O Implante ósseo integrado é implantado por meio de cirurgia diretamente no osso maxilar. A osseointegração demora em média de 4 a 6 meses, de acordo com a área implantada. Depois é feita uma segunda cirurgia, onde é retirada a gengiva que está cobrindo o implante e é colocado o dente individual ou agrupado em uma prótese que pode ser de dois tipos:

 

Prótese protocolo: prótese total implantosuportada e implantoretida. Ela é fixada sobre 4 a 8 implantes, e é parafusada e retirada somente pelo dentista. Ela confere boa estética, e é uma opção para as pessoas que não querem utilizar dentadura. Feita em resina ou porcelana, seu único problema é a dificuldade de limpeza. É preciso muito cuidado neste sentido, pois os dentes são conectados entre si.

Prótese overdenture: prótese total removível sobre implante. Ela é fixada sobre 2 a 6 implantes, além de ser confeccionada em resina. Isso a torna uma opção mais barata em comparação com a prótese protocolo. Ela lembra uma dentadura, e é encaixada em uma barra que conecta os implantes à prótese. Isso dá mais estabilidade a ela. É de fácil higienização, pois pode ser retirada pelo paciente.

Por fim, alguns cuidados simples podem ajudar seu implante a durar por muito mais tempo:

  • Cuide da higiene bucal

  • Para de fumar

  • Faça visitas regulares ao dentista

  • Evite alimentos duros

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Fale conosco
Enviar