O que são implantes dentais?

o que é implante dental
6 minutos para ler

Os implantes dentários repõem um ou mais dentes de um indivíduo. Uma das principais finalidades do tratamento é recuperar a mastigação correta, melhorar a dicção, impedir várias doenças bucais ocasionadas pela falta de dentes e melhorar muito a estética do sorriso.

O procedimento que realiza a implantação de dentes é, para muitos, um mistério. Porém, ele é muito simples e seguro quando realizado por um implantodontista de confiança. Todavia, primeiramente, é preciso saber o que é implante dental e como funciona.

Pensando nisso, neste post tiraremos todas as suas dúvidas sobre o assunto. Acompanhe!

O que são implantes dentais?

Os implantes dentais são constituídos por suportes ou estruturas de metal que são posicionadas cirurgicamente no osso maxilar. Esse posicionamento é feito abaixo da gengiva, de modo a substituir as raízes dentárias. Quando implantados, pode-se colocar dentes substitutos sobre eles. Costumam ser utilizados na substituição de dentes devido a cáries ou lesões periodontais.

Os implantes dentários oferecem um bom suporte aos dentes artificiais. Isso ocorre por serem integrados ao osso, o que dá estabilidade para a prótese. Por isso, próteses montadas sobre implantes dentários não escorregam e nem mudam de posição na boca. Isso confere ao paciente mais segurança na hora de se alimentar e falar. Esse tipo de prótese é chamada de prótese sobre implante e, além de proporcionar mais segurança ao paciente, é mais natural que pontes ou dentaduras.

Implantes dentais são indicados para pessoas com dificuldade de adaptação a próteses e dentaduras. Essas dificuldades podem incluir dores ou falta de adaptação a estes aparelhos. Diferente desses tipos de aparelhos, que precisam de uma base para serem colocados — onde é feito o desgaste do dente restante na maior parte das vezes — , os implantes dentais são colocados sobre os ossos.

Como funciona a colocação dos implantes dentários?

Para colocar os implantes dentários, é preciso ter gengivas saudáveis e uma estrutura óssea favorável à sustentação dos mesmos. Além disso, é essencial manter a saúde bucal em dia, fazendo a higienização da cavidade bucal regularmente. Isso garante a durabilidade do implante dentário a longo prazo. O tipo de implante dentário mais recomendado atualmente é o ósseo integrado, que trouxe uma revolução no tratamento dos pacientes de acordo com suas necessidades.

O implante dentário ósseo integrado é colocado por meio de cirurgia diretamente no osso maxilar. A osseointegração demora em média de 4 a 6 meses, de acordo com a área implantada. Depois é feita uma segunda cirurgia, onde é retirada a gengiva que está cobrindo o implante e é colocado o dente individual ou agrupado em uma prótese que pode ser de dois tipos:

Prótese protocolo: prótese total implantosuportada e implantoretida. Ela é fixada sobre 4 a 8 implantes, e é parafusada e retirada somente pelo dentista. Ela confere boa estética, e é uma opção para as pessoas que não querem utilizar dentadura. Feita em resina ou porcelana, seu único problema é a dificuldade de limpeza. É preciso muito cuidado neste sentido, pois os dentes são conectados entre si.

Prótese overdenture: prótese total removível sobre implante. Ela é fixada sobre 2 a 6 implantes, além de ser confeccionada em resina. Isso a torna uma opção mais barata em comparação com a prótese protocolo. Ela lembra uma dentadura, e é encaixada em uma barra que conecta os implantes à prótese. Isso dá mais estabilidade a ela. É de fácil higienização, pois pode ser retirada pelo paciente.

Powered by Rock Convert

Quando é necessário colocar um implante dental e quanto custa?

Os implantes dentários são recomendados para pessoas que, por muitos motivos, perderam um ou mais dentes, ou por extração ou por perda devido a um trauma ou doença periodontal. Em situações de perda total, em que foram perdidos todos os dentes da boca, os implantes também são feitos.

É essencial ter em mente que os valores podem sofrer variação conforme cada caso. Ele sofre influência da região do país e também do tipo de material utilizado.

Quais os mitos referentes ao assunto?

Implantes dentários só são recomendados para idosos

A verdade é que qualquer indivíduo pode colocar implantes dentários, com a condição de que o desenvolvimento ósseo esteja totalmente finalizado e que a saúde bucal esteja em conformidade com as normas de segurança para o procedimento. O mesmo não pode ser feito caso as gengivas estejam infeccionadas.

O paciente pode esperar o tempo que quiser para fazer o implante dentário

Com o passar do tempo, o osso vai perdendo suas características, como altura e espessura, por causa da reabsorção óssea. Por essa razão, quanto antes for realizado o implante dentário depois da perda do dente melhor.

O implante dentário pode ser rejeitado

O implante dentário se adapta ao osso sem dificuldades devido ao material utilizado, que é o pino do feito de titânio. São bastante raros os casos de perda de implantes, porém, quando ocorrem, estão relacionados a problemas na cirurgia, na qualidade do osso do paciente ou na desobediência aos cuidados pós-operatório.

São realizados com dentes naturais

O implante dental jamais pode ser realizado com dentes naturais. A prótese fixa é fabricada sobre os pinos de titânio, que são absolutamente compatíveis e se adaptam facilmente ao organismo. Seus dentes são feitos com material sintético de cerâmica ou zircônia, que se aproximam muito dos dentes de verdade tanto em termos estéticos quanto funcionais.

Os materiais utilizados se aproximam da função e da sensação dos dentes naturais. A higienização correta precisa ser realizada, apesar de se tratarem de dentes artificiais, devido ao fato de prejudicar a saúde das gengivas — local em que os pinos são implantados.

Qualquer dentista pode colocar implantes dentários

Isto é um mito! Somente os dentistas com pós-graduação em implantodontia, os implantodontistas, estão de fato habilitados a executar tal procedimento.

Alguns cuidados simples podem ajudar seu implante a durar por muito mais tempo:

  • cuide da higiene bucal;
  • pare de fumar;
  • faça visitas regulares ao dentista;
  • evite alimentos duros.

Por fim, agora você já sabe o que é implante dental e sua importância na vida de uma pessoa. Ele favorece uma melhora na autoestima e mais confiança no seu dia a dia. Além disso, é um procedimento bastante cômodo e versátil.

Você curtiu nosso post sobre implante dental? Então aproveite e leia também o texto “Implante ou canal: Como saber qual opção é mais adequada?” e fique por dentro do assunto!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Fale conosco
Enviar